2º Festival de Cinema Russo: DOUTORA LIZA (Doctor Liza)


FAZENDO A DIFERENÇA


por Claudia Anaf


Dentre os filmes do festival, Doutora Liza, da diretora e roteirista Oksana karas (High Above, 2019), aborda um dia na vida da médica Elizaveta Petrovka Glinka, filantropa, médica e ativista de direitos humanos. Em 2007 criou a Fundação Ajuda Justa, que fornecia cuidados paliativos gratuitos a pacientes com câncer, bem como roupas e abrigo aos menos favorecidos.

Ressalte-se que, embora não conste no filme, dado que a cineasta optou por um recorte num dia da médica, Dra. Liza (durante o conflito em Donbass, no leste da Ucrânia) organizou a evacuação de crianças doentes graves do hospital e as levou para tratamento na Rússia. Em 2006 a ativista foi encarregada de levar medicamentos para a Síria, mas o avião em que estava caiu no Mar Negro, o que causou sua morte prematura aos 54 anos.


O filme conta com atores de peso da Rússia. Chulpan Khamatova (Adeus Lenin, 2003), uma das atrizes de teatro e cinema mais celebradas do país, é Dra. Liza. Konstantin khabensky (O Procurado, 2008) - que recebeu o prêmio de ator honorário em 2006 - é Gleb, o marido da médica.



Doutora Liza nos possibilita conhecer alguém cuja vida fez a diferença no mundo. Alguém que viveu fazendo o bem aos outros, o que é cada vez mais raro numa sociedade onde impera o individualismo.