PEPPA PIG: As Botas de Ouro e Outras Histórias


Filme que você pode ver na TV


Os programas infantis evoluíram muito nos últimos anos, e Peppa Pig não é exceção. Lançada em 2004 na TV britânica, a porquinha tomou o mundo - tendo sucesso e vários fãs - e é mais do que natural tentar uma chance no cinema.

Peppa brinca sem parar junto dos seus amigos e familiares, pulando na poça de lama para baixo e para cima, até que as botas douradas de Peppa são roubadas por uma pata, levando a porquinha em uma jornada para encontrá-las, além de mais algumas historinhas abordando a vida de todos na cidade.

Nunca fui fã de seriados infantis, quando era pequeno eu já via Cavaleiros dos Zodíacos. Nunca tive contato direto com uma animação do tipo Peppa Pig, nem dos Teletubbies eu gostava, e para me situar o porquê a Peppa é tão querida pelos baixinhos, precisei encontrar meu lado criança, aquele que gostava acordar de manhã e ver Bob Esponja e suas aventuras. Foi aí que entendi o contexto da porquinha rosa. Ela é inocente, meiga, curiosa e corajosa - sem esquecer os amigos e a família - dando bons exemplos para as crianças. Isso a fez ser tão amada pelos pequenos.

O que mais gostei foi como a narrativa dela pode ser sarcástica e irônica, sem perder a beleza colorida que abrange suas histórias e personagens com bom humor e carisma. Porém, como crítico não posso apenas ver o lado infantil, preciso também saciar meu lado adulto. Hoje em dia temos animações infantis tão primorosas quanto um filme premiado pela academia, e a pobre da Peppa não alcança essas qualidades cinematográficas para ser lançada no cinema. Seria melhor lançar um DVD ou Bluray com as Botas Douradas.

O filme não traz nada de novo, é basicamente a mesma coisa da TV que passa diariamente. Fica repetitivo quando os contos da Peppa e sua turma passam, como um círculo sem fim. Até as crianças ficam cansadas da repetição, tanto que nas primeiras histórias elas assistiam sem reclamar, depois da quinta historinha já não aguentavam ver a porquinha pulando na sua poça de lama, mostrando que os produtores subestimaram seu público.


A Peppa precisava evoluir para ser eficaz, dando uma experiência nova para as crianças onde elas poderiam se divertir e se encantar com o mundo da sétima arte, mas no final a Peppa fica confortável em fazer aquilo que fez na TV. Então não há motivo de ir ao cinema se você pode ver tudo que ela faz na televisão ou na internet. Quem sabe quando realmente realizarem uma versão cinematográfica para os fãs do desenho, assim como o fizeram com Bob Esponja e seus amendobobos.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now