GÊNIOS DO CRIME (Master Minds)


Uma comédia sem muita graça

Genialidade é algo que não há na comédia intitulada Gênios do Crime - do diretor Jared Hess (Amor à Distância, 2010) - que relata a história de um roubo baseada em fatos reais.


No ano de 1997, em Charlotte na Carolina do Norte, o motorista de carro forte David (Zach Galifianakis - de Você está Aqui, 2013) vira "laranja" em uma operação de roubo a banco na qual irão utilizar uma empresa de carro forte onde ele trabalha. O chefe da quadrilha Steve (Owen Wilson - de Marley e Eu, 2008) nota um amor platônico entre o funcionário e Kelly (Kristen Wiig - de Perdido em Marte, 2015) e decide elaborar um esquema onde o único realmente encrencado será ele.


O personagem dá vida ao caricato guarda noturno, admirado por ser honesto e pouco previsível, o que enaltece o tom de piada do longa. Seu personagem - mesmo canastrão e atrapalhado - consegue cativar ao dar vida ao ladrão que realizou um dos feitios mais noticiados dos EUA em 1998: a fama por ter realizado o maior roubo a banco até então.

O diretor utiliza-se do estereótipo do perfil de nerd: feio e gorducho, aquele que não se encaixa nos padrões típicos da sociedade para - através de seu ponto fraco - virar o anti-herói e se marginalizar. A história real é interessante, porém se perde na comédia por ter boa parte do filme baseado em um romance onde David se torna um pobre apaixonado pela colega de trabalho e desloca o contexto principal da trama.


Apesar de um elenco de comediantes e de engraçadíssimas piadas e momentos atrapalhados, peca pelo clichê de filmes onde comédia e piadas locais apenas tem graça aos americanos, exceto por um momento no qual um dos disfarces - que, diga-se de passagem são absurdos - remete a um ex-presidente de nosso país claramente identificado em cena.


Gênios do Crime é um filme para fãs de besteirol e comédia de Sessão da Tarde que passa ao longe como um grande atrativo.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now