Séries HBO

INSECURE

Sólido e Motivador


O seriado - que por hora tem oito episódios - é situado em Los Angeles, tratará sobre o racismo e os modos de lidar positivamente ou não com isso.


Issa Dee (Issa Rae, de Awkward Black Girl) é uma mulher negra orgulhosa de sua raça, porém tímida, insegura e infeliz em seu trabalho por não realizar as coisas como pretende. Seu namorado Wallace (Jay Ellis, de November Rule) não torna o quadro favorável, não possui ambições e parece dominar a preguiça. O seu apoio vem unicamente de sua melhora amiga Moly (Yvonne Orji) que é o oposto de Dee mas que ajuda a amiga a não se sentir mais deslocada e buscam um lugar ao sol na grande Los Angeles.


O contraponto do peso do racismo aparece com as diferenças das duas personagens que mesmo dividindo sua raça, fazem escolhas diferentes, profissionais, pessoais, rotina e sonhos. O tema flerta entre os personagens deixando na dúvida para quem recai o titulo tema.


Com um roteiro leve e bem amarrado - mas pouco divertido se tratando de comédia -, consegue com seus diálogos prender a atenção do espectador. Issa - que criou e protagoniza a série - tem o principal elemento para uma série que tratará de problemas sérios, como o preconceito racial, carisma e jogo de cintura. O ruim - ao contrário de Divorce, que também é uma produção nova - é que Insecure não deixa claro qual é a intenção de sua trama.


Ainda precisa de mais um ou dois episódios para atrair a atenção para próximas temporadas, contudo não é um tema perdido e desinteressante. Precisa apenas cativar o público não apenas de comédia como formadores de opinião.

DIVORCE

Uma terapia de relacionamento à altura

Divorce, a nova série da HBO criada por Sharon Horgan (Catastrophe, 2015) e Paul Simms (Beach Lane, 2010) trás uma Nova York totalmente diferente da até então cosmopolita e sob o ponto de vista suburbano.


Frances (Sarah Jéssica Parker, de All Roads Lead to Rome, 2010), após presenciar um casal de amigos em uma briga sobre o relacionamento, resolve se divorciar do marido Thomas Haden Church (de Pai em Dose Dupla, 2015) com receio de cometer os mesmos erros, discussão pós discussão

A primeira temporada - que tem dez episódios - apresenta um começo carregado de ironias e humor que aos poucos toma proporções desconcertantes, dramáticas e incômodas. O roteiro bem elaborado e direto demonstra logo de início uma construção impecável e diferente de tantas outras produções da HBO.


Divorce vai além da torcida entre qual lado do casal vamos defender. É como um divã no espelho onde o telespectador poderá acompanhar as discussões e fissuras em relacionamentos desgastados ao mesmo tempo em que se identifica ou não. De negativo, a série aponta fatores diversos e previsíveis de possíveis rompimentos em um relacionamento de décadas o que torna nítido o caminho dos próximos episódios e pode - a longo prazo - alavancar o desgaste dos personagens e tirar o foco principal da trama.


Paixões efêmeras, rotina, crises e demais fatores sempre existem na vida conjugal, o que leva a série a uma fácil e rápida apreciação do público. O tema é desagradável, porém tratado de um modo divertido, mostrando ambos os lados de um desgaste matrimonial, como hostilidade, paixão e teimosia. É uma comédia comportamental bem longe do divã que promete ser duradoura e divertida.


This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now