43º Festival Sesc Melhores Filmes


Grande oportunidade de ver bons filmes a preço justo

Está de volta o mais antigo festival de cinema do país. O Festival Sesc Melhores Filmes chega à sua 43ª edição apresentando o que de melhor se viu no cinema no ano.


É a oportunidade de assistir a grandes filmes, de diversos gêneros e para todas as idades, numa das melhores salas de cinema do país a preço justo. E para os filmes nacionais isso é ainda mais importante, uma vez que nossos filmes quase não tem espaço nas nossas salas de projeção.


Também serão apresentados três clássicos do cinema mundial em cópias restauradas quadro a quadro com tecnologia 4K, procurando se aproximar o máximo possível das obras originais. Serão exibidos os filmes Lawrence da Arábia (David Lean, 1962), Crepúsculo dos Deuses (Billy Wilder, 1950) e O Poderoso Chefão (Francis Ford Coppola, 1972).


No último dia 5 de abril deu-se início com a premiação escolhida paralelamente pela crítica e público. O filme nacional mais premiado foi Aquarius. Não que seja tão superior aos seus concorrentes, mas provavelmente porque prega um discurso político muito bem vindo entre a crítica, na qual não me enquadro.


A sessão de abertura contou ainda com a exibição do filme Cora Coralina - Todas as Vidas, com a presença do diretor Renato Barbieri, produtores e familiares da poeta.


Segue a lista de filmes premiados.


PÚBLICO

Filmes nacionais:

Melhor filme - Aquarius

Melhor Documentário - Cinema Novo

Melhor Ator - Juliano Cazarré (Boi Neon)

Melhor Atriz - Sonia Braga (Aquarius)

Melhor Roteiro e Direção - Kleber Mendonça Filho (Aquarius)

Melhor Fotografia - Adrian Teijido (Elis)


Filmes estrangeiros:

Melhor Filme - A Garota Dinamarquesa

Melhor Ator - Eddie Redmayne (A Garota DInamarquesa)

Melhor Atriz - Isabelle Huppert (Elle)

Melhor Direção - Alejandro González Iñárritu (O Regresso)


CRÍTICA

Filmes nacionais:

Melhor Filme - Aquarius

Melhor Documentário - Cinema Novo

Melhor Ator - Juliano Cazarré (Boi Neon)

Melhor Atriz - Sonia Braga (Aquarius)

Melhor Roteiro e Direção - Kleber Mendonça Filho (Aquarius)

Melhor Fotografia - Diego Garcia (Boi Neon)


Filmes estrangeiros:

Melhor Filme - Filho de Saul

Melhor Ator - Viggo Mortesen (Capitão Fantástico)

Melhor Atriz - Isabelle Huppert (Elle)

Melhor Direção - Denis Villeneuve (A Chegada)


Além destes, vários outros belos filmes como Francofonia - Louvre sob Ocupação (Alexander Sukurov), O Cavalo de Turim (Béla Tarr) e Curumim (Marcos Prado) podem ser vistos até dia 19 de abril. Os ingressos vão de R$3,50 a R$12,00.


Mais informações:

https://www.sescsp.org.br/unidades/2_CINESESC/#/uaba=programacao#/fdata=id%3D2

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now