PRIMEIRAS IMPRESSÕES: "A Divisão" (de Vicente Amorim)