8º PANORAMA DIGITAL DO CINEMA SUÍÇO: CONTRAPOR  (Contradict)



Contrapondo interesses e sonhos


De 27/08 a 06/09, o 8º Panorama Digital do Cinema Suíço (neste ano exibido apenas em versão online) disponibilizará, em parceria com a plataforma de streaming do Sesc Digital, diversos títulos referentes à produção cinematográfica suíça contemporânea.

Dentre tais títulos, está o documentário Contrapor, realizado em 2019, por Peter Guyer e Thomas Burkhalter.


O filme analisa como o continente africano (mais especificamente Gana) lidou com os efeitos da Globalização econômica, desde seu início, por volta de 1999/2000.

Conforme é claramente perceptível no filme da dupla de diretores suíços, do ponto de vista estritamente cultural, a influência exercida pelos grandes, digamos assim, "irradiadores de estilo de vida a comportamento", ou seja, EUA e Europa Ocidental, esteve sempre ali presente, há décadas.


Para confirmar isso, basta observar e ouvir a música contemporânea (bem como os próprios nomes artísticos) de alguns músicos locais de Gana que colaboraram com a realização do filme, sendo responsáveis pela elaboração de sua trilha sonora, inclusive: M3NSA, Mutombo Da Poet, Wanlov The Kubolor, Akan, etc.

E visto que dominação cultural implica mais adiante em dominação econômica silenciosa, é óbvio que a longo prazo, os efeito da globalização promovida pelos grandes detentores do capital internacional viriam a ditar as regras de qualquer tipo de relação humana pós 1999/2000.


A dupla de diretores estreantes, Peter Guyer e Thomas Burkhalter, é eficiente no sentido de retratar e propor um importante debate sobre a questão. Em alguns momentos, o formato do filme chega a cansar um pouco, mas a alternância (ou pra não perder o trocadilho, contraposição) entre o documentário propriamente dito, com ótimos números musicais, acaba impedindo que o filme se torne excessivamente cansativo ou redundante. Sendo que a duração relativamente "enxuta" (89 min.) também atua nesse sentido.


E embora muito já tenha se falado em outros inúmeros filmes, seja no formato documentário ou ficcional, sobre o tema Globalização, Contrapor mostra personalidade em sua forma até mesmo próxima ao documentário musical, tendo portanto potencial para atingir o público não necessariamente ligado ao universo audiovisual, que tende a ser um tanto resistente ao gênero.


Só lembrando que a partir de 27/08 até 06/09, "Contrapor" estará gratuitamente disponível na plataforma Sesc Digital, sediada no link https://sesc.digital/conteudo/cinema-e-video/51706/catalogo-8-panorama-digital-do-cinema-suico


This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now