A LUZ ENTRE OCEANOS (The Light Between Oceans)


Nas profundezas do mar sem fim remodelado

Baseado no livro homônimo de M.L. Stedman, A Luz Entre Oceanos é o mais novo filme do diretor Derek Cianfrance (O lugar onde tudo termina, 2012) no qual traz um drama que relata a solidão, traumas e o ostracismo.


A trama desenvolve-se na Austrália pós-primeira guerra mundial, onde o casal Tom (Michael Fassbender, de Doze anos de escravidão, 2013) e Isabel (Alicia Vikander, de A garota dinamarquesa, 2015) - determinados a terem filhos - sobrevivem juntos após diversos abortos de Isabel. Em determinado momento, um barco aparece na ilha com um homem morto e um bebê. Isabel vê naquela pequena criança indefesa sua chance de ser mãe e a partir daí temos uma história com muitas reviravoltas. A situação complica quando Tom descobre que Hannah (Rachel Weisz, de 360, 2011) - a mãe da criança - está viva e sofrendo profundamente com a perda.


O amor que os levam à ilha se transforma em dor, em um crescente junto à narrativa e desenrolar da trama que se arrasta com os flashbacks do casal. Fassbender deposita todas suas emoções para fora através de seu olhar, onde reflete perfeitamente a dor do personagem e leva o espectador a enxergar seu sofrimento interno.


A Luz Entre Oceanos contagia por sua beleza, dramaticidade e questões sociais eternas do ser humano, as dúvidas de ética, a melancolia, a deficiência em lidar com passados e o amor verdadeiro.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now