QUEM ME AMA, ME SEGUE (Qui m'Aime Me Suive!)


Amor na terceira idade


Simpática comédia romântica à francesa, dirigida pelo estreante José Alcala e estrelada por um dos melhores atores franceses contemporâneos: Daniel Auteiul (O Adversário, 2002).


Em termos gerais, um filme sem grandes surpresas, mas que apresenta de forma singela e divertida uma história de amor na terceira idade.



Quem me Ama, me Segue realmente se ampara muito no carisma de Auteiul, um ator capaz de dar conta de qualquer papel, seja ele dramático ou com apelo cômico, como é o caso do protagonista por ele aqui vivido. Sua parceira de cena, Catherine Frot (Nem Parece Minha Irmã, 2005) também é uma atriz extremamente carismática e com tino perfeito para a comédia sobretudo.


A interessante trama, que envolve inclusive um triângulo amoroso, poderia ser melhor desenvolvida, evitando assim tornar o filme um tanto cansativo conforme ocorre lá pelo meio da história, com algumas cenas desnecessárias que poderiam ser eliminadas ou ao menos encurtadas de forma a não pesarem narrativamente.


Mas o filme recupera seu fôlego próximo ao desfecho da trama e cumpre sua missão de passar, sem grandes discursos, aliás, a mensagem de que não há idade para o amor. E o faz de uma maneira bem mais eficiente do que faria uma típica comédia romântica norte-americana, por exemplo, graças à tradição do cinema francês de quase nunca se deixar levar por discursos maniqueístas e sobretudo sem qualquer tipo de julgamento moral em relação às atitudes e escolhas de seus personagens.


This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now