FIM DE FESTA (idem)



O carnaval acabou, mas enquanto, na quarta-feira de cinzas, um grupo de jovens ainda vive a energia que restou da euforia da festa, o pai de um deles, um policial, tem de voltar rapidamente de seu descanso para investigar a morte de uma turista francesa em Recife. E tem de lidar com seu apartamento ocupado pelos amigos do filho.


Mais do que o desvendar do crime, o filme Fim de Festa, do pernambucano Hilton Lacerda, que já dirigiu Tatuagem em 2013, focaliza o personagem do policial Bruno e a forma como ele encara as situações que se apresentam.

Irandhir Santos tem um grande desempenho no papel desse policial, que parece viver uma ressaca, não exatamente do carnaval, mas da vida, do seu trabalho ou do momento atual. Vemos como ele vai conduzir o caso, a expectativa e reações dos familiares e suspeitos, mas também como se relaciona com a homossexualidade do filho, a maconha, a folga dos jovens na sua casa e como ele enxerga sua própria vida. Um retrato realista, nada esperançoso.

No elenco, Suzy Lopes, Gustavo Patriota, Amanda Beça, Safira Moreira, Leandro Vila. Participações especiais de Hermila Guedes e de Jean-Thomas Bernardini (da distribuidora Imovision e do Reserva Cultural). Fim de Festa recebeu os prêmios de melhor filme e melhor roteiro pelo júri oficial da última edição do Festival do Rio, 2019.



This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now