top of page

NAS ONDAS DA FÉ



EMPREENDENDO COM FÉ

por Ricardo Corsetti Muito boa sátira/crítica aos "vendilhões da palavra divina" no Brasil contemporâneo. O protagonista vivido por Marcelo Adnet (Os Penetras, 2012), sem dúvida, se assemelha enormemente a certas figuras da vida real que, graças ao exploração da boa fé e, claro, ignorância alheia, estão por aí, ficando mais ricos a cada dia que passa e até mesmo adquirindo grandes emissoras de rádio e TV.

Adnet, aliás, mostra talento como ator dramático e não apenas nos momentos cômicos da trama. O que, obviamente, colabora em muito para o desenvolvimento da história, sempre na medida certa entre humor e "denúncia social". Destaque também para a bela Letícia Lima (Quem Vai Ficar com Mário, 2021), vivendo a esposa do ex-técnico de informática e locutor de telemensagens rumo a sua escalada em direção à fama e fortuna após sua conversão no pastor sensação de uma emissora de rádio fictícia.

O filme também acerta ao não optar pelo clássico e previsível "drama de consciência" vivido pelo personagem já próximo ao desfecho da trama. Pois, ao contrário do que ocorreria num típico filme norte-americano do gênero, por exemplo; tal "drama de consciência" aqui, na prática, ocorre muito mais por conta da possibilidade de que o protagonista possa sofre algum tipo de punição (prisão, por exemplo) ou mesmo vir a perder a privilegiada posição social que conquistou, do que por uma real crise de consciência do sujeito, por conta da exploração à qual expõe seus fiéis. Ponto para o realismo de Nas Ondas da Fé, nesse sentido. Duração enxuta e roteiro eficiente (coescrito pelo próprio Adnet), sem grandes furos ou clichês narrativos, também são qualidades presentes no filme que, portanto, merece uma boa conferida.


Commentaires


bottom of page